Início > Certificações > Certificação para profissionais de TI

Certificação para profissionais de TI

Que o mercado de tecnologia cresce absurdamente a cada dia já não é novidade pra ninguém. Há diversas áreas, seguimentos, campos de atuação. Mas o que passa despercebido é que sobram vagas e faltam profissionais capacitados. O mercado para os profissionais de TI é muito abrangente, em constante expansão, aquecido de vagas… mas é preciso especialização.
Ter um diploma superior é extremamente importante, mas atualmente só o diploma de bacharel ou licenciatura não basta. A tão aclamada certificação vem sendo um requisito cada vez mais exigido pelo mercado de trabalho e um diferencial para conseguir um bom emprego e alta remuneração.
Porém, o processo de certificação não é lá tão fácil assim. Exige esforço, disciplina e ainda mais… dinheiro. E não sai barato ter um certificado. Já postei aqui sobre a certificação ITIL, o quanto ela impulsiona a carreira do profissional que adquire o certificado e os niveis de certificação disponiveis.  Para se ter idéia, cada prova de certificação custa em média de R$ 100 a R$ 500, dependendo da área. Sem contar com o curso preparatório, que exigirá um desenbolso de não menos que R$ 1000, ainda dependendo da região do país.
A certificação atesta não somente que o profissional conhece a teoria de uma área específica, como também, mais que tudo, seu conhecimento prático. Aí vem o grande dilema: pra ingressar com status no mercado de tecnologia, é necessário uma certificação renomada, que na maioria das vezes custam muito dinheiro. Então, como pagar sem emprego e como ter emprego bom sem certificação? Somando provas de certificação, cursos preparatórios, material didático entre outras despesas, calcula-se que não saia por menos de R$3.000.
Essas estimativas são esperando que o candidato passe de primeira nas provas, que costumam ser bastante complicadas. A dica é começar com certificações consideradas “baixas”, com certificados que tenham reconhecimento no mercado local, em instituições de ensino com marca forte na sua região. Sendo assim, conseguirá uma boa remuneração mais rapidamente e quando estiver estabilizado, poderá fazer uma certificação de maior status.
Procure a opinião de profissionais certificados, pesquise em sites sobre o assunto, veja qual área você possui maior potencial, estude muito e esforce-se. Pense em cursos e certificações não como um gasto, mas sim como um investimento de curto à longo prazo. Obrigado por acompanhar o Domínio TI e até o próximo post.

Que o mercado de tecnologia cresce absurdamente a cada dia já não é novidade para ninguém. Há diversas áreas, seguimentos e campos de atuação. Mas o que passa despercebido é que sobram vagas e faltam profissionais capacitados. O mercado para os profissionais de TI é muito abrangente, em constante expansão e aquecido de vagas… mas é preciso especialização.

Ter um diploma superior é extremamente importante, mas atualmente só o diploma de bacharel ou licenciatura não basta. A tão aclamada certificação vem sendo um requisito cada vez mais exigido pelo mercado de trabalho e um diferencial para conseguir um bom emprego e alta remuneração.

Porém, o processo de certificação não é lá tão fácil assim. Exige esforço, disciplina e ainda mais… dinheiro. E não sai barato ter um certificado. Já postei aqui sobre a certificação ITIL, o quanto ela impulsiona a carreira do profissional que adquire o certificado e os niveis de certificação disponiveis.  Para se ter idéia, cada prova de certificação custa em média de R$ 100 a R$ 500, dependendo da área. Sem contar com o curso preparatório, que exigirá um desenbolso de não menos que R$ 1000, ainda dependendo da região do país.

A certificação atesta não somente que o profissional conhece a teoria de uma área específica, como também, mais que tudo, seu conhecimento prático. Aí vem o grande dilema: pra ingressar com status no mercado de tecnologia, é necessário uma certificação renomada, que na maioria das vezes custam muito dinheiro. Então, como pagar sem emprego e como ter emprego bom sem certificação? Somando provas de certificação, cursos preparatórios, material didático entre outras despesas, calcula-se que não saia por menos de R$3.000.

Essas estimativas são esperando que o candidato passe de primeira nas provas, que costumam ser bastante complicadas. A dica é começar com certificações consideradas “baixas”, com certificados que tenham reconhecimento no mercado local, em instituições de ensino com marca forte na sua região. Sendo assim, conseguirá uma boa remuneração mais rapidamente e quando estiver estabilizado, poderá fazer uma certificação de maior status.

Procure a opinião de profissionais certificados, pesquise em sites sobre o assunto, veja qual área você possui maior potencial, estude muito e esforce-se. Pense em cursos e certificações não como um gasto, mas sim como um investimento de curto à longo prazo. Obrigado por acompanhar o Domínio TI e até o próximo post.

Anúncios
Categorias:Certificações
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: