Início > Profissão: TI, Tecnologia da Informação > [Profissão: TI] Analista de Suporte Computacional

[Profissão: TI] Analista de Suporte Computacional

Analista de SuporteBom dia infomaniacs e malucos geeks que passam por aqui. Hoje estréia a primeira matéria da série Profissão: TI, que irá demonstrar as características, o perfil profissional, o mercado e demanda por profissionais especializados em diversas tecnologias. O Profissão: TI de hoje será sobre o Analista de Suporte Computacional, Técnico ou simplesmente Analista de Suporte.

A profissão de Analista de Suporte Técnico tem crescido consideravelmente nos últimos anos, causa da informatização das empresas e organizações de diferentes portes e ambientes de tarefa.

Além de um vasto conhecimento em sistemas operacionais, infra-estrutura de redes, aplicativos Office, banco de dados e hardware, o Analista de Suporte deve saber gerir também, o mais importante e mais vulnerável ponto de um sistema informatizado: as pessoas.

O profissional deve conhecer muito bem da área que a empresa atua para poder atender da maneira mais eficaz seus usuários. A segmentação setorial das organizações exige flexibilidade e dinamismo, não podendo fixar-se somente na computação para solucionar os problemas. O Analista de Suporte, dependendo da empresa, deve conhecer afundo sobre Recursos Humanos, Contabilidade, Financeiro, Vendas, Administração entre outros processos que possam envolver a informatização e a melhor qualidade no atendimento aos recursos utilizados.

Embora não seja obrigatório ter formação superior para exercer a função, o Analista de Suporte vem ganhando cada vez mais status e exigência nas empresas, forçando o profissional a se especializar cada vez mais, obtendo cursos, certificações e até a graduação superior. Comparado às faixas salariais de outros cargos em TI, o salário de um Analista de Suporte é considerado mediano, girando em torno de R$ 800,00 a R$ 2000,00, dependendo da empresa e da experiência profissional. Porém, deve ser visto como uma porta de entrada para cargos mais elevados, como Gerentes de TI, CIOs, Analista Desenvolvedor, DBA e outros, com salários mais altos.

Entre as principais atribuições de um Analista de Suporte estão:

  • Projetar e administrar redes de computadores;
  • Responsável pela segurança dos recursos da rede (dados e serviços):
  • Criação de PSI (Política de Segurança da Informação);
  • Prevenção contra invasões físicas e/ou lógicas, utilizando SDI (Sistemas Detectores de Intrusão) e alojando da melhor maneira os servidores e racks de rede;
  • Definição e manutenção do controle de acesso aos recursos;
  • Instalar, configurar e atualizar programas antivírus e anti-spywares;
  • Criação e manutenção de rotinas de backup;
  • Instalar, configurar e manter os sistemas operacionais;
  • Instalar, interligar e manter a comunicação digital (e-mail, mensageiro corporativo, WEB, FTP, VPN, VOIP, vídeo-conferência, telefonia etc);
  • Instalar e manter sistemas de gestão (ERP);
  • Instalar e manter sistemas de banco de dados (SGBD);
  • Suporte aos usuários da empresa, auxiliando no uso dos recursos computacionais e  nas tarefas rotineiras da função alheia, vulgo “técnico em informática, psicólogo, pedreiro, faz tudo… etc” (quem é da área entende o que estou falando! :p)

Veja algumas matérias relacionadas ao assunto, sobre a Regulamentação da Profissão de Informática:

Proposta da SBC (Sociedade Brasileira de Computação)

Blog do Vasco

Software Livre Brasil

Espero que apreciem o post e que tenham somado algo útil ao conhecimento de vocês. Essa série de matérias será postada semanalmente, todas as quartas-feiras (assim espero). Tentarei colocar aqui entrevistas com profissionais experientes em cada área de atuação, para elevar ainda mais a qualidade das matérias. Forte abraço a todos, e até o próximo Profissão: TI.

Anúncios
  1. carlos renato
    13/09/2011 às 12:19 AM

    ola quero fazer ti mas não tenho muita noção de imformatica mas gosto sei mexer um pouco sera que aprendo na facudade essa area parece ser muito boa obrigado

  2. Acácio Neto
    23/09/2009 às 12:01 PM

    Olá meu amigo.
    Desculpe a ausência.

    Como sempre o Blog esta repleto de novidades e informações interessantes.

    Gosto muito de me atualizar por aqui.

    Abraços
    http://www.anetux.com.br

  3. 23/09/2009 às 8:00 AM

    Com a tendência da diminuição de custos e migração de sistemas para serviços prestados pela web, o analista de suporte será deslocado de dentro das empresas para dentro das prestadoras de serviço. Essa é uma onda que começou no meio da década de 1990, com a terceirização do setor de TI dentro das empresas, uma marcha sem volta.

    Empresas muito grandes e que dependem de sistemas legado permanecerão, sem dúvida, mantendo seus legados com equipes grandes de suporte. Afinal, o investimento para troca de sistemas que já funcionam é alto além de arriscado.

  1. 22/07/2011 às 1:54 PM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: