Início > Tecnologia da Informação > O profissional de TI é explorado pelo mercado de trabalho?

O profissional de TI é explorado pelo mercado de trabalho?

Se você é profissional da área, com certeza sua resposta será SIM! As pesquisas dizem que sobram vagas, e o que faltam são profissionais capacitados. Vocês podem acompanhar no vídeo abaixo a opinião do Professor Paulo Foina, coordenador do curso de Ciência da Computação da UniCEUB de Brasília. A opinião do professor avalia os dois lados da moeda, onde expõe que sobram vagas, mas que a exigência das empresas, por contraponto, muitas vezes são absurdas. Ele dá o exemplo de um edital, no qual a empresa abriu vaga para desenvolvedor Java, no qual o candidato deveria possuir certificações PMI, PMP, ITIL… entre outras totalmente descabíveis, que nem competem à função, mas sabe-se lá por qual motivo são exigidas, dificultando logicamente, o encontro de um profissional com todas essas capacitações e que aceitem trabalhar por salários nem sempre “motivadores” ou à altura de tantos títulos.

É explícito que a área de TI das empresas são exploradas e pressionadas ao máximo. Afinal, todo o funcionamento da organização depende de nós, profissionais de tecnologia. Mas a colaboração dos outros departamentos, a valorização e o reconhecimento por parte dos gestores e da diretoria, tornaria a nossa função muito mais amena.

A TI se esforça ao máximo para alinhar a tecnologia aos negócios, cumprir prazos, maximizar os lucros da empresa, otimizar recursos, pesquisar, propor e aplicar novas soluções, e o que ganhamos?! Muitas vezes nem o agradecimento, muito menos o reconhecimento dos outros departamentos. Diria até que somos transparentes, não somos ao menos notados e por mais que nos esforçamos, sempre seremos cobrados para fazer mais, nunca veremos satisfação dos demais e ainda ouviremos a frase “você ganha bem, para fazer o que faz”. O que é ganhar bem pra você?

Em resumo, se você faz bem, não fez mais que a obrigação. Se errou, você é severamente punido e taxado de incompetente. Só faltam te bater porque comentou uma linha do algoritmo que não devia, por isso o programa não grava a “tabela do código de tributação fiscal da arruela dreno 14 mm” e por isso não emite a nota fiscal eletrônica e o faturamento da sua empresa está parado. Afinal, você não é o cara do sistema?! Precisa saber de cor e salteado todas as 18.321 linhas de código do módulo fiscal do ERP!

Enquanto as organizações não amadurecerem, caírem em sí e ver que: TI não é despesa, mas sim investimento, não teremos sossego e a cobrança só tende a aumentar. Queria ver se um dia o departamento de TI resolvesse fazer greve! Um pouco disso é culpa nossa… devíamos parar com o “Sim, senhor!”. Podíamos propor um “tour” aos usuários, pelo fascinante mundo dos compiladores e racks de switches e roteadores, das fitas DAT de backup, que são militarmente organizadas para garantir a segurança dos dados, que tão facilmente o usuário, quando exclui “acidentalmente” um arquivo importante, solicita gentilmente ao analista, que retorne a cópia do dia passado. Não enxergam que por trás disso há todo um planejamento, onde tentamos prever todas as “cagadas” que um usuário idiota desavisado pode cometer.

É por essas e outras que deixo a pergunta, e a opinião de vocês é muito importante: O profissional de TI é explorado pelas empresas e pelo mercado de trabalho!? Assista o vídeo e deixe um comentário.

  1. bmarcall
    07/02/2013 às 5:34 PM

    Fantástico… disse boa parte do que passamos… O que mais me deixa indignado é uma empresa lançar uma vaga no mercado e exigir muito conhecimento, títulos etc… querendo pagar uma miséria de salário… Isso é absurdo. Acho que eles (empresas) pensam que nosso trabalho é fácil, um aviso, “só pelo fato de gostarmos do que fazemos, não significa que seja fácil e rápido”.

  1. 19/01/2010 às 11:22 PM
  2. 14/01/2010 às 4:42 AM

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: