Início > MÃE > Post Especial: 31 de janeiro, aniversário da Dona Eva (minha MÃE)

Post Especial: 31 de janeiro, aniversário da Dona Eva (minha MÃE)

Eva de Fátima Oliveira, mais conhecida como Dona Eva, e por mim sempre conhecida como MÃE… nascida em 31 de janeiro de 1956, completa hoje seus 54 anos.

Mãe, amiga, companheira, ouvinte, braço forte e ombro amigo, nunca ergueu a mão, mas quantos puxões de orelha. Sempre com palavras delicadas e acolhedoras, acalentava nossas angustias e nos estimulava a dar a volta por cima, ser alguém!

Sempre teve grandes planos para os filhos, o principal era “ser o que quiserem ser”.

Um exemplo de coragem, dedicação, amor, doação, minha mãe é meu espelho, meu elo mais forte e meu ponto mais fraco. Até hoje me pergunto como ela sorri em momentos desafiadores e difíceis? É impressionante essa capacidade que ela tem de não se deixar abater, e pensar positivo que as coisas amanhã ou depois estarão melhores.

Minha mãe sempre batalhou muito, como milhares de mães que lutam para educar seus filhos com os recursos escassos. Seu maior desafio e principal objetivo era promover a paz na família. Deixou de comer para alimentar-nos, deixou de vestir-se para nos vestir e comprar os materiais de escola. Nunca nos deixou faltar nada e mesmo que se privasse das coisas por isso, nunca reclamou, tampouco nos cobrou por essa dívida.

Formou-me bacharel, músico, jovem responsável, chefe de família, profissional ético e homem de princípios e, mesmo eu não aceitando, ela considera isso o seu maior presente, todos os dias, por toda a vida.

Tenho orgulho da minha personalidade forte, traços físicos, jeito de andar, pensar, falar e agir, pois todos são origem dessa mulher guerreira e amada.

São poucas palavras que encontro em meio a emoção de escrever sobre essa pessoa, que pelo menos para mim, é a mulher mais linda, maravilhosa e que tenho a única certeza absoluta, que amarei por todos os dias da minha vida.

Só sinto com tristeza a dor no coração de estar longe e não poder abraçá-la e dizer mais uma vez “MÃE, EU TE AMO” e não dar os parabéns pessoalmente. Me acalma por ela saber disso, e eu a lembrar todos os dias desse fato. Ao menos duas vezes por dia, todos os dias, desde que me mudei de casa, ligo pra avisar que eu a amo e ouvir o “fica com deus, a mãe te ama” que só ela sabe dizer.

Mãe é um ser único,  indescritível, insubstituível e com valor inestimável. Por isso dou valor a minha, e nesse dia tão especial me ponho em prantos por lembrar do seu semblante materno, sua voz doce, seu jeito único e seu abraço forte me dizendo “te amo, meu filhote”.

Parabéns dona Eva, por mais essa alegria que me deu de estar junto a mim por mais este ano. Que esteja comigo até seus 200 anos ou mais. TE AMO MÃE!

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: