Início > Tecnologia da Informação > A eterna luta da TI

A eterna luta da TI

Antes de iniciar, quero enfatizar um pensamento interessante extraído do texto: Não é suficiente ser eficiente… é preciso uma constante busca pela eficácia do uso da TI. Boa leitura, nobres colegas!

É  cada vez mais disseminada a idéia de que a TI pode trazer grandes  ganhos para as empresas. Nunca a TI esteve tão presente em nossas  vidas.  É simplesmente inimaginável pensar no cotidiano profissional ou  pessoal sem se valer de computadores (sejam desktops ou notebooks), smartphones, tablets,  todos devidamente conectados à Web. Com isto alguém pode imaginar que a  tarefa dos profissionais de TI seja mais simples ou mesmo mais fácil do  que foi no passado: ledo engano! As expectativas quanto aos resultados a  serem obtidos pelas aplicações de TI cresceram pelo menos na mesma  velocidade dos avanços tecnológicos. E mais: os usuários hoje têm um  conhecimento muito maior da TI, até porque ela esta presente na vida  pessoal de cada um deles.

Isto  implica em que a área de TI (e é claro, seus gestores) tenha que ficar  constantemente alerta e pronta para agir. Para ilustrar isto, vamos  recorrer novamente a analogias com fatos históricos e com a estratégia  militar.

Há  mais que 2000 anos, Aníbal (um brilhante general cartaginês) e seu bem  exército treinado (do qual a maioria das pessoas lembra pelo uso dos  elefantes) impingiram aos romanos uma imensa derrota na batalha de  Canas, que até hoje é estudada nas academias militares. Não somente  venceu como praticamente eliminou o exército inimigo. Depois disto,  acreditava Aníbal, aos romanos somente restaria a rendição nos seus  termos, pois a sua esmagadora vitória faria com que sua vontade de lutar  de Roma desaparecesse e também que os aliados dos romanos passassem  para o seu lado.

Para  a surpresa de Aníbal, os romanos redobraram seus esforços, recrutaram  novos soldados e se imbuíram de imensa determinação, além de demonstrar a  seus aliados que não deixariam de fazer nenhum sacrifício para vencer e  honrar suas alianças. Com isto, seus aliados continuaram fiéis e Roma reconstruiu  seu exército, sob novas lideranças e remodelando sua forma de lutar.  Alguns anos depois, sob o comando de Cipião, um general não somente  inteligente e capaz, mas também estudioso das táticas e estratégias de  Aníbal, o exército romano derrotou o grande comandante cartaginês em uma  batalha decisiva, vencendo a guerra para Roma.

Que  lição tirar disto? É óbvio que não existe (e nem deve existir) guerra  entre a área de TI e seus usuários, mas a luta está sempre presente. Por  vezes, ao final de uma longa e difícil implantação de uma nova  aplicação de TI, na qual os prazos e os custos estiveram dentro do  previsto e todo o processo tenha transcorrido bem, a área de TI acredita  que a luta terminou. O reconhecimento geral de um projeto bem sucedido  faria com que a área de TI fosse tratada de outra forma e somente  restaria aos usuários aplaudir tanta eficiência. Isto pode acontecer  durante certo tempo, mas a luta não pára e se os executivos da TI não  permanecerem atentos, o sucesso pode ser rapidamente esquecido.  Novas  exigências inevitavelmente surgirão e a área de TI deve estar apta para  dar respostas eficientes e eficazes.

Portanto,  não basta vencer uma batalha, por mais grandiosa que seja a vitória: é  preciso focar em vencer a guerra. Em outras palavras, não é suficiente  ser eficiente na implantação de um projeto de uma aplicação de TI: é  necessária uma postura de constante busca por eficácia no uso da TI, em  alinhamento com a estratégia de negócios da empresa. E como as  exigências têm sido cada vez maiores, os profissionais de TI têm que  estar de prontidão para dar sua contribuição para o sucesso da empresa.

Esta  postura da área de TI, não somente atendendo às demandas dos usuários,  mas também apresentando alternativas para a estratégia da empresa, se  mantida ao longo do tempo, é que permite uma boa relação com os  executivos do negócio e a obtenção de resultados que possam de fato  fazer a diferença para vencer a cada vez mais acirrada competição no  mercado.

Texto extraído integralmente de Administradores.com.br

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: