Arquivo

Archive for the ‘Sistemas Operacionais’ Category

Assista a palestra de Lançamento do Koruja no Campus Party 2010

Assista a ‘Palestra de Lançamento do KORUJA‘ no Campus Party 2010, em 26 de Janeiro de 2010, apresentada por Marcos Antônio de Carvalho, Analista Senior de TI do Banco do Brasil e Cordenador da comunidade Koruja no Portal do Software Público do Ministério do Planejamento.

O vídeo tem duração de 43 minutos e 27 segundos e está disponível no Youtube. Confira:

Links sugeridos:

Software Livre.org

Portal do Software Público Brasileiro

Vaga para profissional de TI na Lago-San Honda de Ribeirão Preto

A Lago-San, concessionária Honda de Ribeirão Preto está com 01 vaga para profissional de TI. O candidato precisa possuir os seguintes requisitos:

  • Ser formado ou cursando: Administração de Sistemas Informatizados, Ciência da Computação, Sistemas de Informação ou qualquer outro curso na área;
  • Conhecimento pleno em plataforma Windows e aplicativos Office;
  • Conhecimento em ambiente Windows Server e Linux;
  • Conhecimento em rede estruturada, wireless e básico em telefonia;
  • Conhecimento em Firewall IPtables, Squid, SAMBA;
  • Conhecimento em linguagens de marcação e programação para internet HTML e PHP;
  • Conhecimento básico em banco de dados MySQL e Oracle;

Além dos requisitos técnicos, o candidato deve possuir boa fluência verbal e gramatical, comunicação, trabalhar bem em equipe, ser pró-ativo, aprender rápido e facilmente, ter noção de hierarquia e boa conduta.

O regime de contratação é por CLT com benefícios. É necessário também ter disponibilidade de horário para viagens.

Os interessados devem enviar curriculo, preferencialmente com carta de apresentação e foto para vagati@lagosan.com.br.

Boa sorte aos candidatos! 😀

VMware encerra suporte a versões antigas de seu software

Em maio, a VMware vai acabar com o suporte a quase todas as versões antigas de sua plataforma de virtualização, além de retirar os produtos de sua página de downloads, divulgou a companhia.

Produtos antigos entrarão no “suporte estendido”, que significa que “novas plataformas de hardware não serão mais compatíveis, novas atualizações de sistemas operacionais não devem ser aplicadas e correção de erros será limitada a falhas críticas”, de acordo com a empresa.

Entre os produtos que serão removidos da página de downloads da VMware estão o ESX Server 3.5 Update 4, lançado em março de 2009, e versões anteriores do hypervisor. Versões antigas do VMware Virtual Center, um software de gerenciamento de virtualização, também serão removidas da área de downloads e deixarão de ter o suporte da empresa.

A VMware está investindo pesado no marketing do vSphere, a atualização do núcleo de sua plataforma de virtualização, lançada em maio de 2009. A empresa chama o vSphere de “sistema operacional da nuvem”, dizendo que em adição ao básico da virtualização de servidores, o software agrega armazenamento e fontes de rede em um sistema centralizado de gerenciamento.

Consumidores podem continuar com as versões anteriores do ESX, mas talvez não sejam capazes de atualizar o sistema. A partir de agora os patches serão baseados no ESX 3.5 Update 5, ESX 3.0.3 Update 1 e Virtual Center 2.5 Update 6.

Fonte: COMPUTERWORLD

Lan houses podem ser proibidas de usar Software Livre em SC

Uma lei para LAN houses em vigor na cidade de Joinville, em Santa Catarina, vem recebendo críticas de adeptos ao software livre, como o Partido Pirata do Brasil, defensor do opensource. Apesar de ser de 2005, a lei tornou-se polêmica novamente esta semana, quando o partido publicou em seu blog a declaração de que ela proíbe o uso de software livre nas LAN houses.

Anteriormente, este blog havia reproduzido a informação sobre a proibição no título do post, mas o texto foi alterado.

A lei está em vigor desde março 2005 e o Partido Pirata do Brasil resolveu fazer mais um apelo aos adeptos do software livre para derrubarem o Artigo.

Segundo consta no Artigo 5 do Projeto de Lei Complementar 183/2005, “os softwares (programas e sistema operacional) necessários para o funcionamento das lan house devem obrigatoriamente conter o número do registro, bem como a nota fiscal comprovando a legalidade na sua aquisição”.

E você, caro leitor, o que acha dessa medida?! Comente e exponha sua opinião.

Fonte: Gigablog UOL

Microsoft promove a Semana da Interoperabilidade em treinamentos online e gratuitos

A partir desta segunda-feira, dia 18, os profissionais de TI e desenvolvedores terão acesso a um total de dez horas de treinamento online gratuito. As comunidades TechNet e MSDN da Microsoft abrem a Semana de Interoperabilidade que terá dois webcasts diários sobre diferentes tecnologias, suas aplicações e interoperabilidade com plataformas open source. As transmissões online irão até sexta-feira, dia 22/01.

O treinamento tratará de temas como monitoramento de plataforma Unix/Linux, segurança em ambientes heterogêneos, produtividade e desenvolvimento de games multiplataforma em .Net, entre outros.

As inscrições podem ser feitas nos sites do TechNet e MSDN e os conteúdos ficarão disponíveis para download nos portais. É possível solicitar, via site, o recebimento do webcast por e-mail.

Os 8 perfis do profissional de TI

De forma geral, os profissionais da área de TI são vistos como um grupo à parte dentro da organização (geralmente somos excluídos da confraternização pela nossa fama antisocial). Os assuntos com os quais eles lidam e a dificuldade de se comunicar com o restante da organização faz com que a equipe comandada pelo CIO se afaste do resto da companhia.

Como forma de mapear hoje o perfil das pessoas que optam pela área de TI, o Computerworld criou um guia, digamos peculiar e bastante engraçado e que pode ajudar o profissional de TI a identificar e entender melhor o perfil de seus colegas e a si mesmo. Veja qual destes é você!

1.  O terno vazio

  • Cargos: Gerente de TI e analista de negócios
  • Perfil: Contratado para ser uma ligação entre a gestão de alto nível e os técnicos. Atua como um intermediário durante as visitas de clientes. Decorou a maioria das siglas importantes e domina a arte de assentir conscientemente em reuniões e, em seguida, navegar pela Wikipedia para descobrir sobre o que se estava falando. Em alguns casos, pode ter um diploma ou certificado de alguma instituição online duvidosa.
  • Hobbies: Controlar os novatos

  • Maior realização: Perder propositalmente jogos de golfe para os demais executivos da companhia
  • Traços marcantes: Imitações baratas de roupas

  • Ídolo: Michael Dell
  • É parecido com: Michael Scott (Steve Carrel) da série de TV “The Office”

2. O assustador administrador de sistemas

  • Cargos: Administrador de rede e administrador de bancos de dados.
  • Perfil: A companhia não funciona sem sua presença – e esse profissional sabe disso. Felizmente, ele gosta mais de lidar com máquinas do que com pessoas, então o restante da empresa pode ficar tranquilo e confiante, porque ele gasta mais tempo do que o necessário para manter os sistemas ativos.

  • Hobbies: Ganhar certificados, escrever subrotinas de segurança para redes em código binário para proteger dados do setor

  • Último livro lido: “O Livro Completo de Truques Sujos” (Get Even: The Complete Book of Dirty Tricks, em inglês)

  • Maior realização: Manteve toda a rede refém ao se recusar a fornecer as senhas para o “Terno Vazio”

  • Traços marcantes: Algemas e um macacão laranja
  • Ídolo: Terry Childs (ex-administrador de redes nos EUA que ganhou notoriedade ao bloquear o acesso a uma rede em São Francisco, Estados Unidos)

3.  A barricada humana

  • Cargos: Desenvolvedor de software, arquiteto empresarial e administrador de sistemas.
  • Perfil: Independentemente do projeto ou tarefa apresentados, a “barricada humana” sempre responde da mesma forma: não é possível. A resposta é seguida por uma lista dolorosamente detalhada de todas as razões pelas quais o projeto custará muito, terá baixo rendimento ou não poderá ser integrado no tempo necessário. E, é claro, foi uma má ideia desde o começo.
  • Hobbies: Reclamar

  • Último livro lido: “Odeio Esse Lugar: O Guia da Vida para o Pessimista” (I Hate This Place: The Pessimist’s Guide to Life, em inglês).

  • Maior realização: Não ter realizado nada desde 1979

  • Traços marcantes: Camisesta com gola polo, calça cáqui e ainda carrega uma régua de cálculo
  • Ídolo: O personagem Eeyore – o burrinho Bisonho do Ursinho Pooh

4. O zangão irritado do suporte

  • Cargo: Técnico de suporte
  • Perfil: Contratado para andar de mesa em mesa consertando computadores de pessoas que parecem não valer o seu tempo. Fará o que você pedir e nada a mais. Sabe mais do que você em relação a computadores – algo que ele consegue provar em todas as conversas – mas não está interessado em compartilhar informações úteis.
  • Hobbies: Armas, tiroteios e atos de violência aleatórios

  • Último livro lido: “Qual a Cor do Seu Paraquedas?” (What Color is Your Parachute?, em inglês)

  • Maior realização: Morte tripla jogando Halo

  • Traços marcantes: Carranca permanente e tênis Nike de 1982

  • Ídolo: William “D-fens” Foster (Michael Douglas) em “Um Dia de Fúria”
  • Mais se parece com: Milton Waddams (Stephen Root) em “Office Space”

5. O Supernerd

  • Cargos: Engenheiro de softwares e programador sênior.
  • Perfil: Inteligente, lógico e anti-social ou, em outras palavras, o que a maioria das pessoas pensa de um profissional de TI. O Supernerd pode ser classificado como introvertido, com pensamento intuitivo e julgador de caráter. Se ele precisar se comunicar com seres de inteligência inferior (exemplo: você), prefere fazer isso por e-mail.
  • Hobbies: O que são essas coisas chamadas hobbies?

  • Último livro lido: “Código: A Linguagem Oculta de Hardware e Software de Computadores” (Code: The Hidden Language of Computer Hardware and Software, em inglês)

  • Maior realização: Reescrever completamente e analisar cada linha do código de um sistema sem ninguém ter percebido

  • Traços marcantes: Algumas vezes confunde a vida real com Second Life ou digita no ar sem perceber

  • Ídolo: Mr. Spock
  • Mais se parece com: Dr. Sheldon Cooper (Jim Parsons), da série de TV “The Big Bang Theory”

6.  O fã de sistemas operacionais

  • Cargos: Help desk, técnico de suporte, programador.
  • Perfil: Há apenas um caminho verdadeiro – e, mais importante, apenas um sistema operacional verdadeiro – para essa pessoa. Todos aqueles que não acreditam nisso são tolos, cujas necessidades tecnológicas serão ignoradas. Apesar de, na maioria dos casos, associados aos produtos da Apple, algumas vezes também gostam das plataformas Windows ou até mesmo Linux. Todas as conversas terminam com justificativas sobre as razões pelas quais o sistema operacional dele é melhor, apesar da companhia não utilizá-lo.
  • Hobbies: Retrucar comentários de artigos online que criticam o sistema operacional de sua escolha

  • Último livro lido: Nenhum; apenas lê blogs sobre o seu sistema operacional favorito

  • Maior realização: Crackear o iPhone, manter-se aliado ao Windows Vista, controlar todas as editorias da Ubuntu wiki

  • Traços marcantes: Botões de orelha branca, camiseta original estilo Microsoft Bob, um pinguim empanado

  • Ídolos: Steve Wozniak, Bill Gantes, Linus Torvalds

7.  O promessinha

  • Cargos: Outbound de vendas, desenvolvedor de negócios
  • Perfil: Não há nada que essa pessoa não diga para fechar um negócio. Você quer recursos que o produto original não tem? Fechado. Se precisa de algo em seis meses, o “promessinha” conseguirá em três. É claro, ele não tem que entregar nada – esse é um trabalho para os desenvolvedores. Atrasos, gastos excessivos e recursos extras serão a dor de cabeça de outra pessoa.
  • Hobbies: golfe, Michelob Ultra

  • Último livro lido: “A Arte da Guerra” (Sun Tzu)

  • Maior realização: Fechar um negócio de software corporativo de milhões de dólares usando uma versão de demonstração baixada da internet

  • Traços marcantes: Sorriso de vendedor de carros usados.

  • Ídolo: Blake (Alec Baldwin) em “O Sucesso a Qualquer Preço”
  • Mais se parece com: Jack Donaghy (Alec Baldwin) em “30 Rock”

8: O vulto

  • Cargos: Desconhecidos
  • Perfil: Não é problema meu, não é meu trabalho, não é culpa minha – esse é o slogan do Vulto que, de alguma forma, consegue ocupar espaço no departamento de TI (e receber um pagamento) sem preenchê-lo. Ninguém sabe ao certo o que o Vulto faz, sempre porque ele ou ela se tornou um expert em não fazer quase nada. Com o tempo, o Vulto pode receber responsabilidades de gestões, para depois evoluir para a “barricada humana”.
  • Hobbies: Vender hardware não usado pela empresa no eBay durante o almoço

  • Último livro lido: “Ninjutsu: A Arte da Invisibilidade” (Ninjutsu: The Art of Invisibility, em inglês) e “Não fazer nada e ainda ser pago por isso” dos Mestres e PhD especialistas em “mestrisse do não fazer nada”, diretamente da Coderp: Reginaldo Dandaro e Rodrigo (Lemão) Dovichi.

  • Maior realização: Tirar um mês de férias sem que o chefe percebesse

  • Traços marcantes: Nenhum

  • Mais se parece com: Uma célula não identificada na folha de pagamento

Então, qual destes perfis mais se aproxima do seu?! Me identifiquei com pelo menos tres, mas nem sob tortura eu confesso pra vocês! Deixem um comment com o perfil que você se considera parecido ou conhece alguém do mesmo jeito. Abraços!

Fonte: CIO

Cast Informática abre 2 vagas para Analista de Suporte à Redes Sênior na região de Araraquara

A empresa Cast Informática, especializada em outsourcing em TI está com duas vagas em aberto para Analista de Suporte a Rede Sênior para atuação em ARARAQUARA / SP. O candidato deve possuir ampla experiência e conhecimentos em:

  • Implementação, manutenção e administração de serviços baseados em Windows Server 2008/2003/2k;
  • Conhecimentos em sistemas Linux;
  • Vivência em Exchange 2003;
  • Conhecimentos em virtualização e redes TCP/IP ;
  • Experiência em Servidores de Arquivos, GPO (polices) e Scripts;
  • Experiência em implementação de serviços (DNS, DHCP, WINS, AD, BACKUP, IIS,APACHE);
  • Elaboração e documentação de processos;
  • Conhecimentos básicos em SQL Server e MySQL;

São obrigatórias certificações MCSE ou MCSA e desejáveis ITIL, LPI e CCNA.

A faixa salarial gira em torno de R$ 4.001 à R$ 5.000

Você pode acessar esta e outras vagas no site CEVIU, ou direto no site da empresa, no menu Carreira, acessar a página de cadastro de curriculos. Cadastre-se e boa sorte!

Microsoft nega que update possa travar máquinas

A Microsoft nega que as últimas atualizações do Windows tenham provocado um surto de tela negra da morte nos PCs e diz que a causa pode ser um trojan (cavalo-de-troia).

A história do surto de tela negra da morte se espalhou graças à ação da empresa britânica de segurança Prevx. A empresa diz ter recebido relatos de usuários sobre a falha. Segundo eles, o micro trava depois que é feito o login no sistema e a tela fica completamente preta. Em alguns casos, uma janela do Windows Explorer é exibida, mas não há Barra de Tarefas e nem menu Iniciar. Isso estaria acontecendo não apenas com o Windows 7, mas também com o Vista e XP.

O fato é que histórias de tela negra da morte não são novidade. David Kennerley, da Prevx, diz que a empresa identificou pelo menos dez situações que provocam o aparecimento da mesma tela preta. Algumas delas ocorrem há bastante tempo, mas são extremamente raras. Além disso, esse tipo de defeito não é exclusivo do Windows. No Linux e no FreeBSD, por exemplo, a falha é conhecida como kernel panic. A Prevx chegou a publicar uma correção que, segundo ela, resolve o problema em alguns casos.

Kennerley escreveu, no blog da empresa, que a recente onda de telas negras parece ter sido provocada por uma atualização liberada pela Microsoft em novembro. A Microsoft, porém, diz que investigou o problema e não encontrou nada de errado com as atualizações. “Nossa investigação mostrou que nenhuma das atualizações recentes estão relacionadas com o comportamento descrito”, diz Christopher Budd, do Centro de Ações de Segurança da Microsoft.

Budd diz que consultou o serviço de suporte da Microsoft, que respondeu que não observou nenhum surto de tela negra da morte. Ele levanta a hipótese de o problema relatado por alguns usuários ter sido causado por um programa maligno. O Daonol, por exemplo, é um cavalo-de-troia que pode provocar esse tipo de falha, diz Budd.

Fonte: INFO

Quase metade das grandes e médias empresas do Brasil usam virtualização

A virtualização de servidores é usada por 42% das empresas de médio e grande porte no Brasil. A conclusão é da consultoria IDC, que realizou um estudo, no mês de outubro e no início de novembro, com 155 companhias no País.

Segundo a análise, mesmo os 48% de respondentes que não utilizam soluções de virtualização de servidores conhecem a tecnologia e como ela funciona. Fornecedores de soluções de virtualização ainda têm uma grande oportunidade de negócios no Brasil, porque as empresas estão em busca de ofertas do tipo.

O Brasil está consolidando sua base tecnológica para a próxima geração dos ambientes de TI, mais flexível, que é a cloud computing (computação em nuvem).

Um dos setores que investirá nesta tecnologia em 2010 é o bancário. Segundo estudo da IDC divulgado no fim de outubro, os bancos aumentarão os recursos destinados à TI no próximo ano. A virtualização aparece como um dos focos, junto com consolidação de servidores e convergência TI/Telecom.

Correção de falha pode travar Windows

O último patch de atualizações de segurança da MS pode travar alguns PCs, exibindo apenas uma tela preta. O problema pode afetar computadores com Windows 7, Vista e XP.

A Prevx foi alertada sobre o problema na semana passada, por usuários do seu software de segurança. Aparentemente, a Microsoft fez mudanças na lista de permissões (ACL) para o usuário que estiver logado no sistema.

O ACL interage com as chaves de registro, criando recursos visíveis na área de trabalho, como a barra de tarefas. As últimas atualizações mudaram algumas dessas chaves, e os aplicativos que não tomam conhecimento dessas mudanças não rodam corretamente, causando a tela preta.

Pacotes de segurança

Aplicações de segurança parecem ser particularmente afetadas. Usuários de outros softwares de segurança também reclamaram sobre o problema, tentando até reinstalar o sistema operacional para resolvê-lo.

Uma correção foi lançada pela Prevx, ajustando o registro de acordo com as configurações de ACL, que deve resolver o problema. A companhia disse que ainda não comunicou a Microsoft, mas enviará uma cópia da correção para a empresa.

A Prevx publicou mais detalhes sobre o problema em seu blog, e disponibilizou a correção, que é gratuita.

Em 10/11, a Microsoft liberou 15 correções para vulnerabilidades em produtos como Windows, Windows Server, Excel e Word.

O Windows tinha pelo menos 10 problemas diferentes que poderiam causar uma tela preta.

Fonte: IDGNow!

%d blogueiros gostam disto: