Archive

Posts Tagged ‘Certificações’

Técnica, competência e carisma criam o profissional perfeito para as empresas

Excited Businesspeople in Meeting

Há pouco tempo atrás, pessoas e empresas acreditavam que quanto mais técnico fosse o profissional, mais capacitado ele seria. Por isso lotavam o currículo com uma vasta lista de cursos, certificações, workshops, seminários, palestras, entre outros, a fim de impressionar de alguma forma o recrutador, e conseguir pontos com isso. Manter um bom currículo, recheado com boas graduações e títulos ainda é extremamente importante, mas observamos que o cenário está mudando.

Além das habilidades técnicas e dos resultados entregues, mais do que nunca, as empresas estão valorizando profissionais que, além destes dois aspectos, também sejam excelentes na hora de se relacionar com pessoas.

Pessoas que saibam vender ideias, mediar conflitos e influenciar a equipe (mesmo sem ser o chefe) quase sempre são as mais indicadas para assumir um cargo de supervisão e gestão na empresa.

Neste cenário, a ideia de carisma torna-se essencial para a ascensão na carreira. E ao contrário do que muitos pensam, carisma não é apenas um traço de personalidade ou um dom destinado apenas a algumas figuras ilustres. Mas uma habilidade inata que pode ser libertada por qualquer indivíduo.

O carisma é o uso de sua personalidade para causar uma poderosa e marcante impressão nas pessoas.

Quanto aliado com caráter e competência, esta habilidade torna-se uma ferramenta incrível não só para favorecer você na hora do networking (leia 8 dicas para transformar cartões de visita em networking) ou da entrevista de emprego, mas uma estratégia essencial para o bom andamento das empresas.

– Tenha objetivos claros

Ninguém segue um guia que anda em círculos ou que se perde com facilidade. Da mesma forma, se você realmente quer influenciar pessoas, tenha visão e alvos claros. Ser pouco claro a respeito do seu objetivo em uma reunião, por exemplo, pode enviar mensagens contraditórias e gerar confusão.

Além de facilitar a tomada de decisões rotineiras, um propósito bem definido facilita a comunicação, ajuda a embasar argumentos e principalmente abre caminho para o engajamento de outros.

– Comunique-se bem

(Leia mais em Comunique-se com clareza)

O sucesso pessoal dentro e fora das empresas exige certo jeito com as palavras. E, para isso, é essencial ser simples na hora de explicar conceitos, falar com convicção, sustentar suas opiniões com fatos e evidências tangíveis, além de usar metáforas e cuidar do ritmo e tom da sua fala.

– Confie em si mesmo

Como alguém irá confiar em você se nem você mesmo confia? Por isso, a autoconfiança é outro fator vital para profissionais carismáticos. O conceito de “estar à vontade da própria pele” é uma consequência direta do nível de maturidade emocional da pessoa. E, por isso, tal habilidade exige tempo.

Mude a maneira como você encara as pessoas e as situações. Aja como se as pessoas quisessem ouvir o que você tem a dizer.

– Esteja no lugar onde está

A ideia parece redundante, mas não é. Quem já se irritou com o colega que não tirava os olhos do celular enquanto conversava com você sabe bem o que isso significa. Uma das dicas simples para encantar pessoas é “estar no aqui e agora inteira e integralmente”.

Isso significa ficar atento aos que os outros dizem, fazer contato visual, prestar atenção nos detalhes. Quando a sua presença é integral, você, além de estar alerta para o que acontece à sua volta, dispõe de uma melhor consciência da atmosfera, das tensões escondidas, das expectativas e, talvez, do que as pessoas estão pensando.

– Seja autêntico

Muitos livros podem trazer fórmulas prontas, mas o caminho certeiro para ser uma pessoa que influencia os outros é ser quem você é e ponto. Além de transmitir credibilidade, este comportamento faz com que as pessoas se identifiquem com você. Fato que facilita na hora de conquistar o engajamento delas, por exemplo.

– Corra riscos

O carisma depende também do quanto aberto você está para correr riscos. E eles variam desde levantar a mão em uma reunião para compartilhar uma ideia, passando por questionar as pessoas, até estar aberto para a opinião dos outros também.

– Tenha olhos que brilham

Ter paixão pelo que se faz é fundamental. Se as pessoas sentem que você fala com o coração, isso é contagiante.

– Fique atento aos detalhes

Sem que você perceba, a sua linguagem corporal diz muito sobre o que está para além das palavras que profere. E seus pequenos gestos também. Olhar nos olhos das pessoas, prestar atenção ao que elas dizem, lembrar-se do nome delas e sorrir conta muito na somatória final de uma pessoa carismática.

Fonte: INFO

Certificações, por onde ir?

Diferenciação. Esta palavra pode render ao profissional de TI melhores salários e muitas oportunidades no mercado. Mas como se diferenciar e comprovar seus conhecimentos sobre algum assunto ou tecnologia?

Um caminho freqüentemente utilizado para ser reconhecido é o das certificações. Por isto existem tantas e nas mais variadas áreas. Os cursos e provas de certificação são um mecanismo padronizado para avaliação das habilidades do profissional.

Antes de escolher a certificação, analise muito bem o caminho que você quer para a sua carreira pois, qualquer que seja a certificação desejada por você, saiba que vai dar trabalho e você vai precisar fazer um bom investimento para consegui-la. Então tente não errar na opção.

Se você pensa em atuar com produtos Microsoft, pode escolher entre três credenciais: o MCTS (Technology Specialist), com foco em um produto como a antiga certificação MCP, o MCITP/MCPD (IP Professional/Professional Developer), com foco em uma função como planejamento e gerência de projetos e não em um produto específico, e por último o MCA (Certified Architect), destinada a profissionais com experiência no mercado de TI. Esta última certificação, por ser bem mais complexa, não se compõe apenas de uma prova.

Para quem trabalha ou pensa em trabalhar com GNU/Linux ou Unix também vai encontrar uma grande quantidade de opções de certificações. Além das oferecidas pelos fabricantes como a Solaris ou a Novell. Para o GNU/Linux também temos a LPI, uma certificação independente e muito bem conceituada no mercado.

A certificação LPI é dividida em dois níveis: LPIC-1 e LPIC-2. Cada uma composta por duas provas. Enquanto a LPIC-1 tem como foco comandos, tarefas básicas de administração e configuração do ambiente Linux, a LPIC-2 exige conhecimento profundo de planejamento, implementação e manutenção de serviços, servidores e redes.

Quando o assunto é segurança da informação encontramos certificações como o CISSP, SANS/GIAC, CISM, CompTIA e MCSO.

Quem pensa em atuar na área de gerenciamento de projetos vai encontrar uma certificação sob medida, o PMP. Sem dúvida a certificação mais importante nesta área.

Por último, para aqueles que atuam nas áreas de rede de computadores e infra-estrutura podem buscar as certificações da CISCO como o CCIE, CCNA, CCDP, CCNP ou certificações sistemas de cabeamento estruturado como a Furukawa ou Systmax.

Converse com outros profissionais mais experientes, faça o planejamento de carreira e vá em busca da sua certificação. Ela, com certeza, vai fazer a diferença.

Um forte abraço e até o próxima post.

Fonte: iMasters

Leia também:

Certificação CISCO – Qual carreira seguir? E conheça ainda a certificação mais difícil do mundo

Prepare-se para ganhar mais; conheça as certificações mais demandadas do mercado

Certificação para profissionais de TI

Certificação ITIL

Sejam bem vindos ao Dominio TI

Olá caros leitores, está na rede o Dominio TI, um blog temático sobre Tecnologia, Internet, Cursos e Certificações, Mercado de Trabalho e muito mais da área de Informática. Estamos abertos a parcerias, sugestões e críticas para elevar sempre a qualidade do conteudo de nossas matérias e posts. Obrigado pela visita, ótima leitura, volte sempre e recomende!

%d blogueiros gostam disto: