Arquivo

Posts Tagged ‘Microsoft’

Certifique-se em TI gastando pouco ou nenhum dinheiro!

estudante

Por muito tempo, certificações em TI vêm sido debatidas por profissionais da área. Enquanto alguns acreditam que elas são a chave para um melhor cargo ou ascensão salarial, outros afirmam que elas só servem como status, e não comprovam a experiência e o conhecimento do profissional.

Para profissionais da área que estão em busca de certificação para colocar um “plus a mais” em seu currículo, há maneiras de se capacitar para as provas gastando pouco ou nenhum dinheiro.

É fato que o investimento em cursos para estudar para exames de certificação é, muitas vezes, de alto custo. E, além disso, depois de concluir as aulas, você ainda tem de pagar para fazer as provas. Em média, os valores dos exames variam entre US$ 150 à US$ 350 , por tentativa. Alguns fornecedores de TI, como a Microsoft tem promoções que diminuem pela metade o custo de inscrição, e algumas escolas de certificação oferecem a primeira tentativa do exame “grátis”. Mas, de qualquer forma, pode ser caro para muitas “realidades” de profissionais. Felizmente, há uma série de recursos livres e de baixo custo que podem ajudá-lo a estudar para realizar os exames de certificação.

Confira!

– Estude as possibilidades com seu empregador atual

Se você estiver em uma posição que sua empresa pode pagar por um curso de formação, fornecer materiais de estudo, ou outros recursos para obter certificações, não custa tentar. E mesmo que o empregador não banque, ele pode oferecer descontos e outras facilidades se forem membro de uma organização que oferece tais benefícios.

– Verifique os recursos de sua instituição de ensino

Se você está atualmente matriculado em um curso de TI, pode verificar se seu departamento acadêmico tem recursos disponíveis, como acesso gratuito a ferramentas de desenvolvimento de software, sistemas operacionais, bem como quaisquer descontos de computadores e hardware.

Aproveite as edições de software voltado para estudantes. E não se esqueça da biblioteca, onde você pode encontrar guias de certificação de estudo ou outros recursos úteis disponíveis e sem custo.

– Considere programas do governo

Verifique os recursos que as organizações governamentais estão oferecendo. O programa do governo Brasil Mais TI oferece periodicamente cursos gratuitos para profissionais de TI. Dos R$ 500 milhões do governo federal destinados ao TI Maior, uma parcela de R$ 1,4 milhão foi direcionada para capacitação de jovens talentos. Esses novos profissionais receberão treinamento à distância pelo portal do programa.

– Assine o Safari Books Online

Esta biblioteca digital “on demand” oferece uma coleção de mais de 20 mil títulos de tecnologia, que incluem mídia digital e livros de desenvolvimento profissional e vídeos da O’Reilly Media, Addison-Wesley, Peachpit Press, Microsoft Press e muito mais.

O conteúdo é em inglês e você pode ler e assistir vídeos no computador ou tablet. Depois de um teste gratuito de dez dias ou mil visualizações de páginas, as taxas variam de US$ 20 a US$ 43 por mês ou US$ 300 a US$ 473 por ano.

– Junte-se à IEEE Computer Society

Dedicado ao ensino técnico e colaboração, esse braço do Instituto de Engenheiros Elétricos e Eletrônicos nos Estados Unidos oferece inúmeros recursos que você pode usar para estudar.

O site conta com mais de 600 livros online via Safari Books, 500 livros online da Element K e descontos em livros sobre TI. Também oferece 4,3 mil cursos online para muitas certificações técnicas e de negócios e exames de proficiência da Brainbench.

O site tem diferentes planos para assinantes, que variam de US$ 49,50 a US$ 99 (para profissionais), a US$ 20 a US$ 40 (para estudantes).

– Participe de fóruns de discussão online

Quem melhor para obter conselhos de estudo e aprovação no exame de certificação do que outros que já passaram por isso? Os participantes de fóruns de discussão muitas vezes compartilham exatamente o que eles acharam útil ao estudar e fornecem um “feedback” geral sobre o exame.

Mas lembre-se que as questões exatas, provavelmente, diferem em cada exame.

Importante: obter ou publicar questões literais de exames geralmente é estritamente proibido por aqueles que aplicam os exames.

– Verifique se os fornecedores de TI oferecem recursos para certificação

A maioria dos fornecedores de certificação fornece pelo menos alguns recursos livres básicos no site que você pode usar quando estiver estudando. Embora você provavelmente não encontre profundidade em materiais livres, pode ter acesso a artigos, blogs, vídeos, webinars, fóruns de discussão e outros conteúdos que podem ajudar.

Por exemplo, a Cisco oferece o Cisco Learning Network, a Microsoft oferece o TechNet e o Microsoft Developer Network, a CompTIA o IT Pro Community e o CWNP provê acesso a recursos de aprendizagem sobre Wi-Fi.

– Procure cursos online gratuitos de universidades

A tendência crescente das universidades, incluindo o Massachusetts Institute of Technology (MIT), é oferecer aulas gratuitas online sobre temas de tecnologia. Embora a maioria desses cursos não é focada especificamente em certificações de tecnologia, eles podem ajudar na aprendizagem de uma variedade de tópicos em TI. A Coursera, por exemplo, realiza parcerias com várias universidades para oferecer cursos de sistemas de computadores, segurança e networking.

– Verifique o acervo da biblioteca pública de sua cidade

Não se esqueça da biblioteca local. Você pode não encontrar livros atualizados para todas as certificações de TI ou tópicos, mas não faz mal verificar. Também consulte o site da biblioteca e parceiros que possam oferecer uma seleção maior.

– Avalie o seu conhecimento com testes práticos

Não desperdice dinheiro para fazer um exame antes de estar pronto. Tire proveito de testes práticos para avaliar o que você sabe e o que precisa estudar mais. Apesar de as perguntas não serem as do exame real, elas devem cobrir temas semelhantes com base nos objetivos do exame.

Se você responder uma pergunta errada, tente compreender por qual razão a sua resposta está errada e as razões por trás da resposta correta. Uma rápida pesquisa no Google irá revelar muitos sites que oferecem esses testes, e você também pode encontrá-los em guias de estudo.

– Ganhe experiência

Embora os métodos tradicionais de estudo sejam uma parte importante da preparação para um exame de certificação, contar com experiência prática da tecnologia que você está estudando é essencial para obter uma compreensão mais profunda sobre o tema.

Obter essa experiência pode ser relativamente fácil para aqueles que trabalham com TI, mas pode parece assustador para os outros. Confira as dicas abaixo.

– Ferramentas de cloud

Para obter experiência prática sem ter de comprar e configurar o hardware necessário, considere o uso de nuvem. Por exemplo, o uso gratuito do Amazon EC2 Cloud permite acesso livre a plataformas Linux e Windows. Assim, você pode praticar comandos do Linux ou do Windows Server Administration. O Windows Azure oferece um teste de três meses que você pode usar para desenvolver software ou banco de dados.

– Virtualização, Linux e particionamento

Quando você precisa trabalhar com outro software de virtualização de sistema operacional, como VMware Player, Windows Virtual PC ou VirtualBox é possível executar também outro sistema operacional – e suas apps – direito dentro do Windows.

Para sistemas operacionais baseados em Linux, você também pode começar a partir de um CD, que não requer a instalação de disco. Se você preferir fazer uma instalação completa de um sistema operacional, pode criar um dual-boot no PC.

Abaixo estão algumas dicas sobre maneiras baratas de ganhar alguma experiência prática por especialidade.

– Rede

• Considere a criação de roteadores de código aberto ou livre como RouterOS, ZeroShell ou Endian para obter experiência de rede geral.

• Se você está estudando para uma certificação de rede – da Cisco ou Juniper, por exemplo – use emuladores para praticar comandos e simular configurações de rede. O código fonte aberto GNS3 Graphical Network Simulator, por exemplo, suporta Cisco IOS/IPS/PIX/ASA e Juniper JunOS.

• Para ganhar experiência com autenticação 802.1X ou para RADIUS, tente o open source FreeRADIUS ou o freeware TekRADIUS.

• Para a segurança da rede, considere fazer alguns testes de penetração em sua própria rede com o BackTrack.

– Administração de Windows

Além das ferramentas baseadas em nuvem relacionadas acima, a Microsoft oferece testes gratuitos de Windows Server, Windows Small Business Server e outros produtos. Você também pode se inscrever para ter acesso aos recursos do Windows Server no site TechNet da Microsoft.

– Banco de dados

Instale um servidor e manipule alguns dados, baixando a versão open source ou trial de seu banco de dados desejado, como MySQL, SQLite, PostgreSQL, Microsoft SQL Server, DB2, ou de produtos de banco de dados Oracle ou Sybase.

– Desenvolvimento de software

• Considere efetuar o download da versão de avaliação gratuita de 90 dias do Microsoft Visual Studio para configurar um servidor web com Apache, por exemplo.

• Alunos, educadores e instituições, também têm em mente o programa DreamSpark da Microsoft, que oferece ferramentas de desenvolvimento de forma gratuita. Uma vez que você se inscreve no DreamSpark também pode receber 90 dias de acesso gratuito ao curso de .NET para Pluralsight, que é oferecido por dez dias gratuitamente para o público em geral.

Fonte: COMPUTERWORLD 

MS TechShow Case 2012: Oportunidades de trabalho em TI e as novas Certificações Microsoft

Palestra MS

 

Primeira Palestra da América Latina, sobre Certificações Windows Server 2012, SQL Server 2012, Windows 8 e .Net 2012!

Será ministrada pelo palestrante Alexandre Borges Rinolfi – Diretor da Borges Rinolfi – Microsoft Certified Partner for Learning Solutions, sediada em Ribeirão Preto – SP.

Serão abordados temas como empregabilidade global, desafios da Tecnologia, posicionamento da Microsoft frente às novas mudanças, as novas Certificações, cursos e o novo formato de material de certificação, assim como esclarecimento de diversas dúvidas referentes a estes assunto.

Como exposto no banner, os participantes concorrerão à descontos e prêmios ao encerramento do evento.

Increva-se AQUI e boa sorte aos participantes! Aproveitem o conteúdo!

Criação do Google revoluciona a Internet [Conecte – Jornal da Globo (03/03/11)]

Excelente noite, nobres leitores! Ótima sexta-feira de carnaval a todos.

Ontem (03/03/2011), o Jornal da Globo  exibiu no quadro Conecte (apresentado semanalmente toda quinta-feira), uma reportagem sobre a revolução causada na Internet com o surgimento do Google.

O vídeo aborda como Larry Page e Sergey Brin criaram uma ferramenta com uma modelagem totalmente inovadora e subitamente, com grandes aquisições como o Youtube e Orkut conseguiram dominar uma gigantesca parte dos serviços online.

Particularmente, o que mais me chamou a atenção na reportagem foi a visão brilhante de negócios do CEO do Google Eric Schmidt, onde ele aborda sobre privacidade dos dados de seus usuários, o futuro no mercado brasileiro e sua concorrência com o Facebook e Microsoft. Vale muito a pena conferir.

Nota do autor: Só não incorporei o vídeo aqui no blog, porque o site do G1 não fornece o código embed e ainda não está disponível no Youtube. Assim que possível, postarei aqui pra vocês. Segue o link para visualização:

Google causa uma verdadeira revolução no mundo da internet

Microsoft promove a Semana da Interoperabilidade em treinamentos online e gratuitos

A partir desta segunda-feira, dia 18, os profissionais de TI e desenvolvedores terão acesso a um total de dez horas de treinamento online gratuito. As comunidades TechNet e MSDN da Microsoft abrem a Semana de Interoperabilidade que terá dois webcasts diários sobre diferentes tecnologias, suas aplicações e interoperabilidade com plataformas open source. As transmissões online irão até sexta-feira, dia 22/01.

O treinamento tratará de temas como monitoramento de plataforma Unix/Linux, segurança em ambientes heterogêneos, produtividade e desenvolvimento de games multiplataforma em .Net, entre outros.

As inscrições podem ser feitas nos sites do TechNet e MSDN e os conteúdos ficarão disponíveis para download nos portais. É possível solicitar, via site, o recebimento do webcast por e-mail.

|Microsoft Night|

Firefox ultrapassa IE6 em número de usuários

FirefoxEsta semana, a Net Applications, empresa que mede a participação de mercado dos browsers, divulgou dados relativos ao mês de outubro que indicam que a soma das versões do Firefox ultrapassou em número de usuários a versão 6 do navegador da Microsoft. E não são apenas em um país específico: os números são de usuários no mundo inteiro.

As demais versões do Internet Explorer ainda dominam o mercado global de navegadores, ocupando 64,64% do espaço, sendo 23,6% da versão 6, 18,16% da versão 7, 20,54% a versão 8 do navegador e 2,34% para as demais versões. Todas as versões do Firefox somadas têm 24,07% de participação, dividindo-se em 1,14% para a versão 2.0, 8,79% para a versão 3.0, 13,9% para a versão 3.5 e 0,47% para as outras versões.

Os navegadores Chrome, Opera e Safari continuam no final da lista, dois deles mostrando algum crescimento na sua participação. Em relação ao mês de setembro, o navegador do Google passou de 3,17% para 3,58%, o Opera caiu de 2,19% para 2,17% e o Safari passou de 4,24% para 4,41%.

Windows 7 é lançado pela Microsoft

Windows 7O tão esperado, aclamado, ovacionado e mistificado Windows 7 já está oficialmente nas prateleiras (e banquinhas dos distribuidores não autorizados) de mais de 4 mil lojas em todo o país. O novo sistema operacional foi lançado mundialmente hoje, quinta-feira (22/10/2009).

A expectativa é grande tanto para lojistas quanto para os consumidores, haja vista que algumas lojas abriram as portas logo na primeira hora do dia. Teve tonto gente que ficou mais de 34 horas na fila pra conseguir a primeira mídia licenciada. Aliás, nem sei se foi mais pelo Windows 7 ou pela repercussão e seus 16 minutinhos de fama, que o peão (ainda por cima sãopaulino… tristeza para a nação tricolor) encarou essa pedreira. Se fosse a liquidação de começo de ano do Magazine Luiza até entendo… mas isso é demais.

No Brasil, são vendidos quatro diferentes tipos de pacotes: a versão Home Basic pode ser encontrada por R$ 330. O Premium é vendido por R$ 400, enquanto que o pacote Professional custa cerca de R$ 630. Já o Ultimate é oferecido por R$ 670. Pra quem não quer desenbolsar 700 pilas pra ter um CD bonitinho do W7, gravo por R$ 5,00 em mídia printable, pra ficar uma coisa personalizada. Quem quiser me manda e-mail, mais fácil do que ficar um dia e meio esperando pra encher o bolso do Ballmer. ;p

obs: as brincadeiras aqui feitas, em relação à cópia do SO Windows 7, é meramente para descontração. Domínio TI é totalmente e absolutamente contra a pirataria e 100% a favor do sistema legalizado ou livre.

Complemento criado pela Microsoft deixa Firefox vulnerável a ataques

Firefox Extensão

Uma atualização feita pela Microsoft em fevereiro pode deixar o Mozilla Firefox vulnerável a ataques, admitiu a empresa durante a semana.

A extensão chamada Windows Presentation Foundation (WPF), instalada no navegador da através de uma atualização do Windows Update, permite que a criação de um site falso atinja o Firefox.

O plug-in foi instalado junto com a atualização .NET Framework 3.5 Service Pack 1, disponível desde fevereiro. O Windows Presentation Foundation foi adicionado ao Firefox sem autorização dos usuários.

Em um post no blog Security Research & Defense, da Microsoft, engenheiros da companhia explicam como os usuários do Firefox podem fazer para desativar a extensão.

A vulnerabilidade também afeta usuários de todas as versões do Internet Explorer, incluindo o IE8.

Nota: como a raposa é foda um navegador de gente grande, já desabilitou os componentes, e exibiu uma mensagem dizendo quais extensões teriam vulnerabilidades e que foram desabilitadas, como podem ver na imagem abaixo:

Vulnerabilidade Extensões Firefox

Windows 7 será oficialmente lançado nesta quinta-feira (22/10)

Windows 7 lançamento dia 22/10O Windows 7 será lançado oficialmente nesta quinta-feira (22/10), pelo CEO da Microsoft, Steve Ballmer, em um evento realizado em Nova Iorque.

O evento é especialmente dirigido a jornalistas e blogueiros, e destina-se a apresentar, para além do Windows 7, o Windows Server 2008 R2 e Exchange Server 2010.

Antes do lançamento oficial e pela busca frenética pelos usuários às lojas (e barraquinhas dos representantes informais da companhia estadunidense), saiba o que há de mitos e realidades por volta do tão aclamado W7. O portal PCWORLD reuniu em um só lugar, todas as matérias relacionadas ao assunto, desde o review completo do SO, guia de ajuda de instalação do sistema, até considerações de prós e contras para a migração do XP/Vista para 7. Acesse AQUI e veja todos os detalhes para você ter a certeza de que a migração para o novo sistema operacional é o melhor negócio para você.

Microsoft Irá bloquear seriais falsos do Windows 7

A MS informou que os seriais do Windows 7 que vazaram há pouco tempo em redes de compartilhamento (P2P) na web serão bloqueados. A versão disponível era originalmente direcionada para os fabricantes de PC e age como uma chave central que ativa o SO já instalado nos micros.

A empresa comunicou que a chave de ativação vai ser identificada como falsa pelo sistema de autenticação. Informou também, que a cópia que caiu na rede estava com a fabricante Lenovo.

Os usuários que adquirirem os computadores Lenovo não serão prejudicados. Nenhum equipamento com chave de ativação inválida deve chegar ao mercado, dessa forma, não devem ocorrer problemas na atualização ou validação da sistema.

Segundo a Microsoft, a meta não é combater a pirataria, mas sim, “proteger consumidores que compraram produtos sem saber se eles são originais”.

%d blogueiros gostam disto: