Arquivo

Posts Tagged ‘P2P’

Nova versão do protocolo BitTorrent é mais inteligente

UTorrentA companhia BitTorrent Inc. anunciou o desenvolvimento da nova versão do protocolo BitTorrent, mais inteligente e construído para ser mais amigável à rede. O novo protocolo, chamado de uTP, mede o tempo que um pacote leva para ser enviado do host  A até o host B, então teoricamente, o uTP detectará o congestionamento em qualquer lugar nesse caminho.

Caso o cliente detecte congestionamento, haverá por parte dele um ‘estrangulamento’ nas velocidades para manter o tráfego fluindo sem problemas. Tanto o μTorrent, quanto o cliente BitTorrent principal terão suporte ao uTP. A nova versão do protocolo uTP resultará na economia de vários bilhões de dólares às ISPs, se o novo formato for bem aceito.

Mas vale ressaltar que o novo protocolo não deverá resultar em velocidades muito menores para os usuários finais. O ‘estrangulamento’ afetará os usuários principalmente nos uploads, além disso, com menos e menores congestionamentos na rede, os downloads tendem a terminarem mais rapidamente. Até agora, nenhum dos usuários da nova versão do cliente μTorrent reportou problemas significantes, segundo a empresa.

Microsoft Irá bloquear seriais falsos do Windows 7

A MS informou que os seriais do Windows 7 que vazaram há pouco tempo em redes de compartilhamento (P2P) na web serão bloqueados. A versão disponível era originalmente direcionada para os fabricantes de PC e age como uma chave central que ativa o SO já instalado nos micros.

A empresa comunicou que a chave de ativação vai ser identificada como falsa pelo sistema de autenticação. Informou também, que a cópia que caiu na rede estava com a fabricante Lenovo.

Os usuários que adquirirem os computadores Lenovo não serão prejudicados. Nenhum equipamento com chave de ativação inválida deve chegar ao mercado, dessa forma, não devem ocorrer problemas na atualização ou validação da sistema.

Segundo a Microsoft, a meta não é combater a pirataria, mas sim, “proteger consumidores que compraram produtos sem saber se eles são originais”.

Versão final do Windows 7 é crackeada

A versão final do Windows 7, entregue há uma semana pela Microsoft a fabricantes de PC, já caiu nas redes P2P (Emule, Shareaza entre outros) acompanhada de um patch de validação.

A cópia da versão RTM (release to manufacturing) do Windows 7 é distribuída em redes de compartilhamentos de arquivos acompanhada de um arquivo que promete validar a versão, tornando a cópia imperceptível para a Microsoft. O recurso é o mesmo já usado para validar versões do Vista e XP.

O código de validação exige, entre outras coisas, fazer pequenas mudanças na BIOS da máquina que receber o Windows 7, a fim de driblar o policiamento da MS. As vendas oficiais do novo sistema começam em 22/10/2009.

O site Softpedia atribui o vazamento da cópia RTM do W7 a uma fábrica da Lenovo, que teria falhado no compromisso de manter sob proteção o substituto do Vista.

Durante toda sua fase de desenvolvimento, foi impossível manter sigilo em torno do Windows 7. Antes do primeiro beta ser oferecido para testes públicos, uma versão dele apareceu nas redes de torrent. O mesmo ocorreu em relação ao RC (release candidate), versão do Seven candidata a estreia no mercado.

Acredito ser desnecessário essa atitude de crackear o W7, ainda mais porque a versão RC ainda está vigente, pode ser baixado até o dia 20 de agosto e usado até maio de 2010. Se querem usar um sistema com interface bacana e moderna, funcionalidade e  legal (em termos de lei), usem o Fedora 10 por exemplo. Além de tudo é grátis!

Prefira software livre, use LINUX!

%d blogueiros gostam disto: